noticia
17/07/2018 - 04:34
Tamanho da Fonte
 
 
O estudante do curso de direito Macswell dos Santos Silva, 23, filho do vereador Macrean Santos (PRTB), foi detido pela Polícia Miltiar no bairro Camp

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Filho de vereador, universitário é detido e passa mal na delegacia; parlamentar cita abuso da PM
O estudante do curso de direito Macswell dos Santos Silva, 23, filho do vereador Macrean Santos (PRTB), foi detido pela Polícia Miltiar no bairro Campo Verde, em Cuiabá, por estar conduzindo um veículo com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida na noite desta sexta-feira (16). Ao ser encaminhado a delegacia, o rapaz teve um mal súbito precisando ser encaminhado a uma unidade médica. O parlamentar, que esteve na delegacia acusou os PMs de agredí-lo.

Leia também
Agente penitenciário é assassinado com três tiros por homem mascarado em Várzea Grande


O boletim de ocorrência n° 2018.55153 relata que uma equipe da PM que fazia rondas pelo bairro encontrou o veículo HB20 conduzido pelo filho do vereador acompanhado por um primo pela Rua Tuffik Affi. No documento policial também é citado que a dupla levantou suspeita e foi abordada.

Os militares afirmaram que pediram para que os dois jovens colocassem as mãos na cabeça e que um deles resistiu. Nada de ilícito foi localizado, porém a carteira de motorista do filho do vereador estava vencida há alguns meses.

Diante dos fatos, os dois foram conduzidos até a central de flagrantes para o registro da ocorrência, quando o filho de Macrean começou a passar mal, precisando ser encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro.

O vereador, ao ser comunicado, esteve na UPA e logo em seguida acompanhou o filho até a delegacia, onde os policiais disseram que o parlamentar os acusaram de ter agredido o rapaz, chegando a fazer ligações dizendo que estava falando com o governador Pedro Taques (PSDB).

O rapaz passou mal novamente e foi levado a unidade de saúde mais uma vez, sendo liberado meia hora depois por um dos médicos. Em seguida ele foi entregue a Polícia Civil.

Em entrevista ao Olhar Direto, o vereador disse que os policiais prenderam o seu filho apenas por ele ser morador do bairro Pedregal. O parlamentar também afirmou que o estudante foi agredido sem motivo e por conta disso passou mal na delegacia: "Não estou acusando o sargento que fez a prisão, estou afirmando que ele agrediu o meu filho. Tenho testemunhas e vou buscar os direitos. A Corregedoria da Polícia Militar será acionada e já fizemos o Corpo de Delito".

O posicionamento completo do vereador pode ser conferido AQUI.

Fonte: http://olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?id=443148¬icia=filho-de-vereador-universitario-e-detido-e-passal-mal-na-delegacia-parlamentar-cita-ab

     

 
» Últimas Notícias
16/07/2018 - Um estabelecimento foi fechado e um homem de 27 anos, detido na madrugada desta segunda-feira (16), após uma denúncia por poluição sonora no local. A - De acordo com os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO) de número: 2018.221849, uma guarnição da 2ª Companhia de Polícia Militar de Proteção Ambiental foi acionada para comparecer até o local por conta do volume alto do som.
11/07/2018 - Foi registrado um grave acidente na manhã desta quarta-feira (11) no centro de Rondonópolis. Um veículo Volkswagen Gol de cor branca, ficou parcialme - Segundo informações, o ônibus seguia pela rua João Pessoa, quando atravessou a preferencial. A motorista do gol que vinha sentido centro, não conseguiu parar e se chocou com a lateral do ônibus.
06/07/2018 - Embora DEM e PDT não confirmem o fechamento de aliança e a composição de chapa ao Governo de Mato Grosso, liderada por Mauro Mendes (DEM) tendo Otavia - O DEM já havia confirmado a contratação do jornalista Antero Paes de Barros para coordenar o marketing da campanha. Em entrevista concedida há pouco, o presidente do Democratas, deputado federal Fábio Garcia, confirmou que a coordenação jurídica ficará sob o comando de Rodrigo Cyrineu.